"Se deixar passar mais um ou dois anos, perde as oportunidades", avisa o novo presidente da Federação de Triatlo de Portugal (FTP) , Fernando Feijão.

 

A FTP quer ver Vanessa Fernandes novamente no topo mundial, mas escusa-se a pressioná-la para regressar à competição, lembrando apenas que em dois anos se esgotarão as possibilidades de voltar ao mesmo nível.

“Vou falar com ela e dizer-lhe que estamos de braços abertos se alguma vez quiser voltar. Não posso fazer mais. Sou amigo dela, mas não podemos obrigar ninguém a fazer desporto de alta competição. É muito exigente e só para quem se apaixona por ele. Neste momento, parece-me que a Vanessa perdeu essa paixão. Temos de dar espaço e liberdade para ela reconsiderar e ver se alguma vez pretende voltar ao triatlo nas condições em que estava”, afirmou Fernando Feijão, novo presidente da FTP.

O dirigente federativo diz acreditar num regresso mas alerta para a urgência de se tomar uma decisão, sob pena de se deixar passar o timing adequado. “Sou persistente, humilde e paciente. Acredito que a Vanessa um dia voltará ao triatlo, mas se calhar não como atleta. Se deixar passar mais um ou dois anos, perde as oportunidades. Tem 27 anos, é jovem ainda, mas se não o fizer rapidamente, perde as oportunidades”, frisou.

Vanessa Fernandes, que deixou a alta competição devido a problemas de saúde após Pequim2008, foi cinco vezes consecutivas campeã da Europa, campeã do Mundo em 2007 e conquistou 20 vitórias em Taças do Mundo.

Provas disponíveis 

(km)< 2142> 42Total
Portugal 629 4 115 748
USA 0 376 0 376
Brasil 62 0 0 62
Canadá 0 56 0 56
Outros 0 51 0 51

Número total 1293 provas disponíveis

Google+