Na busca pelo melhor desempenho, a preparação do corredor deve ser sustentada por três pilares: treino, alimentação e descanso.

 

Não  adianta  treinar intensamente, alimentar-se de forma equilibrada, e não dar ao corpo o repouso necessário para que ele este recupere do desgaste sofrido no exercício.

Essa recuperação acontece durante o sono, quando o organismo liberta hormonas responsáveis pela regeneração dos músculos. Tudo o que se treinou pode ser perdido se não tivermos cuidado com o descanso e nomeadamente uma boa noite de sono.


"Uma noite mal dormida pode colocar tudo a perder, pois não há uma recuperação adequada", afirma Hanna Karen Antunes, doutora em psicobiologia e exercício pela Universidade Federal de São Paulo, acrescentando que quanto mais desgastante for o  treino, maior o tempo de sono necessário para a regeneração.

Por isso, sugere, que o atleta deve procurar programar os treinos de grande volume e intensidade para os dias em que poderá dormir mais horas, garantindo assim uma recuperação adequada.

 

In terra.com.br