Recentemente tivemos a oportunidade de testar as novas sapatilhas Skechers GOrun Strada e como tal gostaríamos de partilhar a nossa experiência convosco!

Segundo a Skechers, as GOrun Strada foram criadas a pedido do vencedor da maratona de Boston em 2014, Meb Keflezighi e caracterizam-se pela sua rapidez, leveza, um maior amortecimento e estabilidade sendo ideal para treinos diários e atletas que correm com frequência. Atenção que as GOrun Strada são apresentadas como GOmeb Strada no catálogo da Skechers.

Olhando para as características técnicas descritas pela marca, estas têm um drop de 8 mm, um peso de 284 g no modelo de homem (tamanho 42) e 234,9 g no modelo de senhora (tamanho 36), a entressola de Resalyte® e sola de Resagrip®. Esta combinação promete um controlo na tração, amortecimento, apoio e aderência em qualquer tipo de terreno.

Depois desta curta apresentação, vamos então à experiência propriamente dita.



O primeiro impacto é obviamento o seu aspeto visual. Nas GOrun Strada, a elevada quantidade de refletores, tanto na parte da frente da sapatilha como na parte de trás permitem uma maior visibilidade do corredor contribuindo assim para uma maior segurança. Este fator torna-se mais relevante com a aproximação do inverno e consequentemente de dias mais pequenos.
Quando pegamos nas sapatilhas percebemos rapidamente que se trata de uma sapatilha extremamente leve. Quando as calçamos apercebemo-nos do seu elevado conforto que associado à sua leveza pode causar uma certa sensação de estranheza, principalmente para quem não está habituado.
Mas como é obvio o mais importante é o seu comportamento em corrida. Quando corremos sentimos claramente a vantagem de serem umas sapatilhas bastante leves permitindo uma mais eficaz gestão do esforço. O seu elevado amortecimento permite absorver o impacto durante a corrida, mantendo sempre uma passada estável e segura. Comparativamente a outras sapatilhas que já experimentei nomeadamente a Asics Cumulus 16 e Adidas Nova Glide, tenho que admitir que, nos poucos KMs que fiz, estas tanto a nível de conforto como de estabilidade estão rapidamente a tornar-se as minhas preferidas.

Relativamente à sua robustez não posso tecer grandes comentários porque com apenas 40 KMs não é possível tirar nenhuma conclusão. Se repararmos na sola da sapatilha reparamos que não existe a tipica sola de borracha, o que leva a algumas preocupações relativamente à sua durabilidade. Fazendo uma pesquisa rápida, não encontramos quaisquer  queixas.

Relativamente ao preço, estando à volta de  €130, é uma sapatilha que estará em linha com sapatilhas como a Asics Cumulus ou Nike Pegasus.

Como resumo final, basta dizer que dá gosto correr com as sapatilhas Skechers GOrun Strada e que com certeza proporcionarão excelentes treinos e corridas mas como tudo nada melhor que dar uma saltada a uma loja e experimentar umas! ;)